Para quem eu vendo: como encontrar o meu público-alvo

Para quem eu vendo: como encontrar o meu público-alvo

Manter as portas abertas não é o suficiente para segurar um negócio de pé. É preciso partir em busca de novos clientes. Agora, como fazer isso com a ajuda da internet? A resposta é muito simples, mas o trabalho é bastante longo.

Neste artigo, você aprenderá:

  • A importância das personas
  • Como encontrar o seu público-alvo
  • 3 formas de conversar com o seu público-alvo na internet

Inscreva-se para receber os melhores conteúdos diretamente no seu e-mail!

Para quem eu vendo: como encontrar o meu público-alvo

Colocar um negócio na internet se tornou uma tarefa fácil. Basta criar um perfil em uma rede social, alimentá-lo de conteúdo todos os dias e, pronto, qualquer empresa estará vinte e quatro horas de portas abertas aguardando novos clientes.

Mas, quais clientes?

Parece que a tarefa não é tão simples assim. Embora saibamos que as redes sociais – e a internet como um todo – estão repletas de clientes em potencial, é preciso saber onde está o público-alvo, para então buscá-lo.

A importância das personas

A grande responsável por ajudar os empreendedores nesse momento, é a persona do produto ou serviço. Ela, tem como responsabilidade informar ao empreendedor quem é o cliente ideal, onde ele está e por que se tornou o cliente ideal.

Mas, o que é uma persona?

Uma persona é uma representação semi-fictícia de um cliente ideal para o produto ou serviço. Um personagem comercial, ou seja, fictício, mas que possui todas as características de um cliente real, pois, é construído com informações retiradas de clientes reais do negócio.

Quer um exemplo?

Imagine que o produto em questão seja o serviço de limpeza a seco em automóveis. A empresa, se dirige até o cliente para realizar a limpeza do veículo, isentando o proprietário de levá-lo até uma estética automotiva.

O público-alvo, nesse caso, são pessoas, homens ou mulheres, com idade superior a 18 anos, que possuem um automóvel, não realizam ou não gostam de realizar a lavação do veículo em casa, e desejam ou dependem do mesmo limpo.

Nesse cenário, nós temos um número de pessoas considerável, se tornando uma tarefa difícil atraí-las através de conteúdos na internet. O que escrever para elas? Quais são as suas dores? Por que estão em busca de uma estética automotiva?

Como encontrar o seu público-alvo

Por isso, é preciso “individualizar” o público-alvo em personas, para dar o primeiro passo. Com elas preparadas, os empreendedores ganham argumentos muito mais consistentes na hora de chamar a atenção através de conteúdos na internet.

Veja os exemplos abaixo:

João, 47 anos, executivo sênior. Deixa o veículo na garagem do edifício durante o horário de trabalho e não o retira do edifício novamente, até o fim do expediente, pois o trânsito é delicado na região e qualquer trajeto duraria horas.

Na persona do João, entendemos que um dos argumentos mais importantes é o ganho de tempo e produtividade ao não sair do edifício, assim como também a redução de custos, visto que ao não sair, economizaria combustível.

Marina, 35 anos, consultoria imobiliária. Não consegue tempo em sua agenda para a limpeza do veículo, em razão do deslocamento até os imóveis para apresentação. No entanto, depende do veículo limpo, pela mesma razão.

Na persona da Marina, sair do local de trabalho não seria um problema, mas o tempo é curto. Por isso, um argumento que pode ajudar na atração de novos clientes com esse perfil, seja o custo-benefício de uma limpeza a seco. 

Nestes casos, as informações mais importantes estão relacionadas ao seu estilo de vida, como a idade e o cargo, presentes nos exemplos, e o seu comportamento com o veículo, ou seja, os motivos pelo qual buscam um centro de estética automotiva. 

Contudo, uma persona pode trazer qualquer informação, desde que seja relevante para a divulgação do produto ou serviço, como altura, peso, renda, cargo, escolaridade, assim como outras características do seu estilo de vida.

O objetivo é criar um número significativo de personas, a fim de testá-las através de conteúdos direcionados, validando as opções que trazem maior resultado para o negócio, e obviamente, descartando os perfis que não são aderentes.

3 formas de conversar com o seu público-alvo na internet

No entanto, é importante lembrar que, personas são criadas a partir de dados reais do público-alvo, e não por meio de influências internas e externas, mesmo que essas opiniões sejam de pessoas que conhecem o segmento.

Para reunir essas informações, é preciso estruturar uma abordagem comercial que tenha como foco a possibilidade de conversar com o público-alvo, extraindo o máximo de informações possíveis – sem atrapalhar o fluxo da prospecção.

#1 Agendamento via WhatsApp

Um excelente recurso que dá produtividade e eficiência a uma abordagem comercial, é o agendamento via WhatsApp. Seja de forma automatizada ou manual, é possível criar um diálogo com o usuário, construtivo para a criação de novas personas.

Se engana quem pensa que o agendamento seja passível de ser utilizado apenas para serviços. É possível, por exemplo, oferecer o agendamento para entrega do produto, como um serviço personalizado. Muitas empresas já fazem isso.

#2 Programa de benefícios

O programa de benefícios é outro recurso muito comum e produtivo. Ao oferecer um programa de benefícios (a velha ação “em 10 limpezas, a 11ª é por conta da casa”, por exemplo), é possível oferecer um cadastro do usuário, produtivo também para a criação de novas personas. 

#3 Interações via redes sociais

Não é preciso esperar uma prospecção iniciar para conversar com o seu público-alvo. É possível criar conteúdos específicos ou postagens nas redes sociais com um único objetivo: a interação, funcionando como uma pesquisa de mercado.

Pronto para encontrar cada vez mais clientes?

Antes de você ir, eu gostaria de deixar como sugestão o curso “Buyer Personas: aprenda o que são e como criá-las”, ministrado pela consultora de marketing, Cristiane Thiel, para ajudá-lo(a) na criação das personas do seu negócio.  

Não se esqueça de compartilhar o artigo com os seus amigos empreendedores ou que possuem o desejo de mergulhar no mundo do empreendedorismo, e claro, se inscrever para receber os novos conteúdos.

Guilherme Bogo Vinci

Mercadólogo e publicitário dedicado. Professor e palestrante apaixonado. Escritor motivado. Investidor curioso. Ciclista todo dia. Empreendendo e aprendendo. Ensinando e ajudando quem deseja empreender. Essa é a minha vida.

Não vá sem deixar o seu comentário ;)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.