10 lições de liderança para todo empreendedor de pequeno porte

10 lições de liderança para todo empreendedor de pequeno porte

O termo liderança não é algo novo nas discussões sobre empreendedorismo. Mas, ainda provoca muitas discussões sobre o seu verdadeiro significado e a sua importância em uma jornada empreendedora de sucesso.

Neste artigo, você aprenderá:

  • A arte de liderar
  • A importância do espírito de liderança
  • 10 lições de liderança para todo empreendedor de pequeno porte

10 lições de liderança para todo empreendedor de pequeno porte

O que é liderança? O que é liderar? Perguntas como essas ilustram a mente da grande maioria dos pequenos empreendedores antes de iniciar seu próprio negócio. A resposta, no entanto, vai além da mais pura teoria. 

Quando juntamos empreendedorismo e liderança, a teoria se torna uma tarefa fundamental na busca por resultados positivos, e melhor, uma tarefa prática. Somente no dia a dia, o empreendedor conseguirá entender essa relação. 

A arte de liderar

Muitas pessoas pensam que liderar se resume à construir uma equipe e guiá-la na busca dos objetivos de um negócio. No entanto, a arte de liderar vai muito além de estar à frente de pessoas, mas sim de um negócio como um todo.

Para conseguir ajudar uma equipe a alcançar metas e objetivos definidos, é preciso entender todas as necessidades do negócio, seus pontos positivos e negativos, seus diferenciais, suas oportunidades e ameaças presentes neste caminho.

A importância do espírito de liderança

Esse comportamento de partir em busca de conhecimento e experiência, na tentativa de encontrar todas as respostas para o crescimento do negócio, é chamado de espírito de liderança. A principal skill do empreendedor de sucesso.

Skill: característica, habilidade.

O empreendedor que se molda de acordo com os seus resultados, sem buscar novas respostas ou novas perguntas a cada dia, acaba encontrando apenas uma zona de conforto e o risco de permanecer em seu estado atual – ou decair.

10 lições de liderança para todo pequeno empreendedor

Para ajudar nessa trajetória, eu listei 10 lições que, em algum momento da jornada empreendedora, podem se tornar reflexões e, somente o espírito empreendedor pode ajudar a encontrar a resposta.

#1 Se você não se cobrar, o destino irá

A zona de conforto é um fantasma que aparece durante a jornada empreendedora, principalmente, quando os resultados estão ótimos. Embora tenha a palavra conforto em seu nome, ele não vem para trazer boas notícias.

Para isso, é muito importante estabelecer uma cultura de cobrança, saudável e que não crie pesadelos ao empreendedor, mas que mantenha a atenção e o foco ao futuro, para que os resultados sejam positivos sempre.

#2 Se não quiser fazer por você, faça por aqueles que estão com você

É possível que chegue um determinado momento em que as coisas estejam muito difíceis, uma resposta positiva seja algo praticamente impossível e o desânimo apareça na jornada empreendedora sugerindo desistir.

Nesse momento, é hora de pensar em todos aqueles que amamos, sejam pessoas de nossa família e que estiveram conosco durante todo o tempo, em nossos colaboradores e suas famílias ou aqueles que de alguma forma nos apoiaram.

Com o pensamento voltado àqueles que nos dão força para continuar, é possível buscar no espírito empreendedor e no espírito de liderança as respostas para dar a volta por cima e alcançar resultados memoráveis.

#3 Dias de luta, dias piores ainda

É difícil dizer isso, mas, é possível que as coisas piorem. É muito importante entender que esse não é e não pode se tornar um pensamento negativo, como “e agora, as coisas irão piorar”, porque também é possível que não.

Precisamos sempre manter um pensamento positivo e todas as nossas forças voltadas aos nossos resultados, mas entender que precisamos da segurança de um plano b caso as coisas aconteçam de forma inesperada.

#4 Muitas pessoas dependem de você

A tomada de decisões é uma tarefa comum na jornada de um(a) empreendedor(a). Decisões que contêm riscos muitas vezes, pois miram grandes resultados e podem encontrar resultados negativos pelo caminho.

Novamente, este não é e nem pode se tornar um pensamento negativo presente na rotina empreendedora, apenas um fator de segurança que deve ser avaliado antes da tomada de qualquer decisão que envolva o negócio.

A ousadia e o risco são duas características positivas no empreendedorismo. A lição aqui é que, como a grande maioria das decisões envolvem muitas pessoas, é preciso pensar no coletivo e levar isso em consideração. 

#5 Você jamais deve ser o combustível, mas sim o fósforo

No começo, muitos empreendedores acabam responsáveis por grande parte das tarefas que colocam o negócio em prática, e com o tempo, algumas delas vão sendo delegadas para novos colaboradores.

Esse comportamento é natural, saudável e muito importante para o futuro do negócio. Empresas que mantêm todas as suas forças em uma única pessoa, acabam se tornando dependentes e os empreendedores também.

Isso não significa que o empreendedor deve se ausentar do negócio com o passar do tempo, mas sim que ele deve se tornar uma peça fundamental que encaixa em outras peças para fazer o negócio crescer, e não a única peça.

#6 Seu trabalho é tornar as coisas mais fáceis

O principal objetivo do(a) empreendedor(a) à frente do seu negócio e de seus colaboradores, é tornar as coisas mais fáceis para todos. Esse pensamento é fundamental para criar o espírito de liderança nos demais. 

Aquele velho meme com a diferença entre chefe e líder ilustra muito bem esta lição. Enquanto o chefe diz “vão, sigam”, os verdadeiros empreendedores com o espírito de liderança dentro de si e aplicado ao negócio dizem “vamos, juntos”.

#7 Se qualquer um falhar, seja o primeiro a parabenizá-lo

Não há nada mais valioso do que descobrir um caminho que não funciona, para nunca mais percorrê-lo. Esse pensamento é fundamental quando falamos em espírito de liderança entre um(a) empreendedor(a) e sua equipe.

Quanto antes falhar, antes aprenderá e antes encontrará o verdadeiro caminho aos resultados memoráveis. Esse velho ditado ilustra como todos os(as) empreendedores(as) devem tratar um erro em seus negócios.

#8 Pense muito, planeje o dobro e execute três vezes mais

O foco desta lição está em “execute três vezes mais”. Isso porque, quanto mais colocar em prática os conhecimentos adquiridos, mais irá aprender sobre seu negócio e seu mercado, e menos irá precisar pensar e planejar no futuro.

No entanto, enquanto isso que chamamos de “experiência” não vem, é preciso pensar muito e planejar o dobro. Um verdadeiro “combo” presente na jornada empreendedora e fundamental para todos que ingressam nesse mundo.

#9 Você é o dono e o estagiário, se necessário

Como vimos acima, no início do negócio, muitas tarefas distintas acabam se tornando responsabilidade do próprio empreendedor, inclusive todas, muitas vezes. Isso é natural em todo e qualquer pequeno negócio.

No começo, o empreendedor também é marqueteiro, pintor, encanador, cozinheiro, e tudo aquilo for necessário para manter o negócio caminhando e crescendo. Esse pensamento humilde é essencial para tornar as coisas melhores.

#10 Um CNPJ não vale um AVC

Para finalizar, a lição mais importante deste artigo e desta vida. Nenhum CNPJ vale um AVC. Empreender é uma aventura, sim, mas é preciso entender que é preciso estar preparado para embarcar em uma aventura como essa.

AVC: Acidente Vascular Cerebral

Estresse, problemas, obstáculos, desafios, todos são comuns em uma jornada empreendedora e não podemos mudar isso. Contudo, podemos aprender a lidar com isso e não deixar que tudo isso nos afete lá na frente.

Pronto para liderar o seu negócio?

Antes de você ir, eu gostaria de deixar uma sugestão que pode ajudá-lo(a) na percepção sobre o futuro do seu negócio, e como a tecnologia, o conhecimento e a experiência podem contribuir para os seus resultados nessa trajetória.

Já ouviu falar na Bom?

A Bom conecta investidores e fundos à empreendedores formais e informais, trazendo uma nova experiência de consumo de crédito produtivo, com orientação e acompanhamento de verdade! Apoiando o seu desenvolvimento.

Quer receber o contato de um especialista da Bom, sem compromisso, para conhecer as oportunidades que você, empreendedor de pequeno porte, pode conquistar com a empresa? Acesse o link abaixo e preencha o formulário.

Não se esqueça de compartilhar o artigo com os seus amigos empreendedores ou que possuem o desejo de mergulhar no mundo do empreendedorismo, e claro, se inscrever para receber os novos conteúdos.

Guilherme Bogo Vinci

Mercadólogo e publicitário dedicado. Professor e palestrante apaixonado. Escritor motivado. Investidor curioso. Ciclista todo dia. Empreendendo e aprendendo. Ensinando e ajudando quem deseja empreender. Essa é a minha vida.

Não vá sem deixar o seu comentário ;)

Marcações:

Deixe uma resposta